Logo
CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES

DIONÍSIO CERQUEIRA

Você está em:

NOTÍCIAS

ATA nº 030/2020

 

ATA nº 030/2020

Ata da Trigésima Sessão Ordinária do ano de dois mil e vinte da Décima Sexta Legislatura da Câmara Municipal de Dionísio Cerqueira, Estado de Santa Catarina, realizada em quatro de novembro às dez horas e trinta minutos no Plenário “Vereadora Joana Maria Hart”. Sob a presidência do Vereador HELIO HAEFLIGER, que convidou o Primeiro Secretário da Mesa Diretora, o Vereador MAURO EDVAN PRADO, para fazer a chamada dos senhores edis, o qual a fez e verificou-se a presença dos demais senhores vereadores: LUIZ FERNANDO ZABOT DE MELLO, JOELSO DE LIMA, OLASIR JOSÉ FERREIRA BRASIL, VALDECIR SCHMEIER, IVOLNEI JAIR TENROLLER, JOÃO CARLOS STAHL e ALEX SEVERIA DO NASCIMENTO. A seguir, o Senhor Presidente declarou aberta a presente sessão. A ata da Vigésima Nona Sessão Ordinária, depois de lida, foi aprovada sem restrições. Não havendo Expediente do Dia, e antes de iniciar a Ordem do Dia, o senhor Presidente sugeriu aos vereadores a retirada de pauta do Projeto de Lei 046/2020, após discussão o mesmo ficou mantido para a Ordem do Dia, sendo assim o senhor Presidente iniciou à Ordem do Dia: PROJETO DE LEI 046/2020 posto em discussão e votação, foi aprovado por maioria, com uma abstenção do vereador Alex. INDICAÇÕES E REQUERIMENTOS: nº 078/079/080 e 081/2020 postas em discussão e votação, foram aprovados por unanimidade. Com o fim da Ordem do Dia foi dada a palavra livre aos senhores edis inscritos anteriormente. O vereador Ivolneicomentou sobre a solicitação para o executivo sobre a possibilidade de Decreto de Estado de Emergência, enfatizando a sua urgência, uma vez que se observa a grande dificuldade e prejuízos que os agricultores estão correndo diante da estiagem que atinge a região, tendo até que transportar água de diversas formas para conseguir abastecer-se, sugeriu que parcerias fossem fechadas para auxiliar o transporte da água, mas que também fossem feitas políticas permanentes à fim de cessar esse problema, opinou sobre a pauta dos animais de rua, lembrando que em abril de dois mil e dezenove, durante audiência pública, Prefeito e Vice assumiram e prometeram tomar diversas medidas, enfatizando uma delas, a castração, disse ainda que após um ano e meio, não houve sequer encaminhamento, ou algo do tipo e citou a lei contra maus tratos aos animais. O vereador Alex destacou o fato de que os vereadores da base estavam pela terceira vez se retirando do plenário após a Ordem do Dia, disse que isso era um desrespeito, pois existem muitos assuntos a ser discutidos, citando os casos trazidos pelo vereador Ivolnei, afirmando que são vereadores da oposição e que era papel dos vereadores da base ouvir as problemáticas apresentadas, para assim levá-las aos secretários do governo, manifestou o desejo de ajudar e que o município evolua cada vez mais, mas que para isso todos deveriam honrar seus mandatos e estarem presentes para escutar as demandas públicas, prestando o devido auxílio. O vereador Hélio falou sobre os seus requerimentos apresentados, citando a contestação de alguns vereadores que alegaram não ser possível realizar as instalações requisitadas durante o período eleitoral, e salientou que gostaria que trouxessem tal lei que as proibisse, lembrou da fala do vereador Olasir feita durante a discussão do requerimento, onde diz que deveriam ser construídos poços artesianos, mas que o problema citado não poderia ser solucionado com isso, uma vez que já está acontecendo há um tempo e sua gravidade, precisando assim de uma solução expressa, afirmou que a aprovação do requerimento pelo prefeito poderia ajudar no resgate e solução do problema.Nada mais havendo a tratar, o Senhor Presidente declarou encerrada a sessão e convidou para a próxima Sessão Ordinária em nove de novembro, segunda-feira às nove horas. Cópia da sessão na íntegra disponível na Secretaria da Casa.

A CÂMARA

Notícias

 

23 Nov 2020
ATA nº 031/2020